Volte ao topo

Série A Chave, sobre os bastidores da educação, inicia gravação da terceira temporada

A série A Chave, produzida pela Lima Comunicação, empresa do Grupo Têm Dendê, chega a sua terceira temporada com mais um retrato da educação no Brasil, desta vez mostrando a perspectiva dos alunos do ensino médio nas escolas públicas.

Ao longo de cinco episódios a série apresenta a rotina de nove alunos da rede pública em um dos momentos mais cruciais da sua jornada: o final do ensino médio, que desta vez é afetado pela pandemia mundial. As impressões de alunos, professores, profissionais da educação e a comunidade familiar também estão na lente dos diretores Ariel L. Ferreira e Dayane Sena.

Vacinação na educação, ensino remoto e retorno às aulas presenciais, são alguns dos temas tratados em conjunto com outras temáticas do dia a dia dos estudantes. "A Chave III é um convite para repensar os desafios da aprendizagem no contexto atual", pontua Keyti Souza, executiva do Grupo Têm Dendê.

“Ana Beatriz Cerqueira e João Gabriel são os dois alunos que nos conduzem nessa história, com eles trocamos uma liberdade criativa de propor juntos os caminhos, justamente por trazer situações reais, que são, ou foram vivenciadas nessa fase de incertezas. O diálogo entre diferentes realidades é a principal marca da série nessa temporada”, explica Ailly Cavalcante que coordena a equipe de roteiros da série.

Os outros sete estudantes que participam da série são Gean Neves, Nina Matos, Marcelly Cássia e Juliane Santos, do Centro Estadual de Educação Profissional Formação e Eventos Isaias Alves e Danielle Ornelas, Drisa Dominique e Laiane Barros do Colégio Estadual Ministro Aliomar Baleeiro.

“Como tínhamos uma tela completamente em branco onde nos é permitido arriscar, resolvemos trazer o elemento realidade dialogando com a ficção. A opção da fotografia e do teto alto que usamos também trazem essa sinergia com uma estética mais cinematográfica que lembra muito a ficção, muito embora estejamos em uma série documental”, destaca Ariel L. Ferreira, um dos diretores de A Chave III.

Também diretora da série, Dayane Sena leva um pouco da bagagem pessoal para o projeto. “Ser mãe de adolescentes e ter sido professora dessa faixa etária, me aproxima de um ponto de vista de certa forma privilegiado”, acredita a diretora, que não esconde o desafio de abordar o dia a dia de jovens estudantes da rede pública em tempos de distanciamento social justamente quando eles estão no ápice da necessidade e vivência de agrupamentos.

“Entender essas dinâmicas em tempos de isolamento forçado sem os costumeiros ‘rolês’ e imersos na convivência familiar em situações extremas de conflitos diversos, tendo que manter as cores e ausências delas é conflituoso. O que esperar de um futuro do presente? Eles e elas vão nos contar. Certamente muitas surpresas estão por vir. Tudo reverbera o novo. É isso que estaremos buscando”, finaliza.

Produzida com recursos do Fundo Setorial do Audiovisual, Ancine, A Chave III tem na equipe os produtores Bruno Ramos, Shirlei Silva e Kamila Silva, no roteiro Laize Ricarte e Marvin Pereira, na fotografia Lico Pimentel e William Martins som direto de Kleber Morais e compondo a equipe técnica Alessandro Wilber e Celson Filipe.

Share:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest
Share on linkedin

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Notícias Recentes